sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Amo porque amo, amo para amar

Hoje amanheceu um dia frio... Mas os dias frios irradiam uma luz diferente, criam um outro ambiente cheio de uma beleza única, típica desta época. Eu sempre achei o clima do sul do Brasil perfeito. Perfeito como o amor.

Esta é a postagem de número 99, e meu coração pediu para que eu a escrevesse. Na postagem 100 vai ter uma novidade, portanto, fiquem atentos! Não deixem de vir aqui nos visitar! Aproveito também para agradecer o carinho de todos os nossos amigos! Vocês são incríveis!

Mas eu queria escrever um pouco sobre uma definição linda de amor que encontrei esta manhã. Passei esta noite preocupado e pensando na Bru, porque a deixei ontem doentinha, e estou ansioso por saber como ela amanheceu hoje (se Deus quiser melhor!). E Deus, como sempre está perto de nós, me ajudou me mostrando por meio das palavras de São Bernardo, a melhor definição de amor.

"O amor basta-se a si mesmo, em si e por sua causa encontra satisfação. É seu mérito, seu próprio prêmio. Além de si mesmo, o amor não exige motivo nem fruto. Seu fruto é o próprio ato de amar. Amo porque amo, amo para amar."
 São Bernardo escreveu isso no século XII, e hoje em pleno século XXI, um sujeito ousou parafraseá-lo para falar de sua aventura pessoal de amar. Acredito que assim como todos, antes de descobrir o amor, sempre temos uma impressão romantizada do amor, achamos que ele é um sentimento que nos deixa meio abobados. De repente seja, talvez. Mas a Bru me ensinou nesses anos todos, e me deu a oportunidade de experimentar na prática, que o amor é antes de tudo uma atitude... Uma bela atitude que tomamos e nos conduz a um caminho, por vezes sinuoso, mas que cujo destino é definitivamente a alegria total. Eu faço tudo pelo meu amor... E sem saber, acabei descobrindo que este "fazer tudo" é o próprio fruto do ato de amar. Quem ama, pensa no bem do outro, e este "pensar no bem" nos faz sentir algo bom e delicioso dentro de nosso coração. Nos dá paz e nos dá a certeza e a vontade de seguir na mesma estrada.

Amar é um traço divino que Deus pincelou no nosso íntimo. É a prova cabal de que existe alguém, que nos criou e nos fez para o amor. O amor não é apenas um "eu te amo" repetido milhões de vezes: é um olhar, é um carinho, é um cafuné dado em momento de nervosismo... É segurar firme a mão de nosso amor, quando ele precisa da nossa energia para seguir em frente... Amar é muito mais do que uma simples troca de células, ou muito mais do que um relação sexual. O amor é a jóia que nos faz ser valiosos para o outro.

A Bru tem sido para mim uma maravilhosa experiência de amar. Já disse isso aqui e repito: Ame, não perca tempo! Viva o amor na intensidade que ele pede! A Bru e eu temos problemas como todos, nem maiores, nem menores, mas apenas iguais aos de todo mundo. Mas no meio dos problemas, das lágrimas e do suor que escorre de nossa alma quando tudo parece injusto e perdido, encontramos no amor que sentimos, a consolação necessária para respirar, e seguir em frente!

Quero dedicar esta postagem à mulher que entrou na minha vida, fez uma verdadeira revolução e a colocou no rumo certo! Não existe vida sem o amor, e para mim, não existe vida sem a Bru Bloinski!

10 comentários:

Bruna Bloinski disse...

É o amor que dá vida a tudo aquilo que está ao meu redor. Viver essa incrível experiência do teu lado tem sido algo muito maravilhoso.
Vale a pena! Valerá "até pra sempre"!

Déborah disse...

Linda postagem! =]]


Faz tempo que não deixo comentários... heheh.. confesso que por preguicinha mesmo... (aiai, que grau de sedentarismo, preguiça de deixar comentários!!!)
Mas seeeeempre passo por aqui pra acompanhar meus amigos queridos, eeee estou ansiosa pelo Post #100!

Beijoos, povo!

Ray disse...

Muito lindo Jorge!

Estarei aqui esperando pelo próximo post!
Abraços!

Adeline disse...

Qto amooooooooor!
=D

Anne disse...

O amor é uma atitude. E como diz em 1 Coríntios 13, 4-8 "O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece.
Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal;
Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade;
Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.
O amor nunca falha; mas havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, desaparecerá;"

Gabi disse...

Que lindo post!
A última frase me emocionou!
Que Deus abençoe esse amor e os faça cada dia mais felizes!

Joice disse...

O amor é lindo!!! rs...

Adeline disse...

Ahhh...eu quero 100 comentáriosss para combinar com as 100 postagens...

Adeline disse...

Por isso vou comentar essa e mais uma vez...hauahuahauhe

Adeline disse...

Só dessa vez... não faz mal né?
ahuahauhauhauhuheuahuae

Bjoo queridos