segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Quando tudo faz lembrar...

É meus amigos... Quando chega esse horário, o peito aperta, o coração fica encolhidinho e a saudade bate aqui... Vi a postagem da Bru, e meu olho se encheu de lágrima, porque do lado de cá não é muito diferente não... A saudade é bem grande...

O que eu acho mais lindo disso tudo, é que os nossos corações se conversam, se interligam... A ponto do meu coração emitir um aviso quando do lado de lá acontece alguma coisinha... Não quero aqui bancar o namorado perfeito e dos sonhos... Que nada... Mas o fato é que meu peito se aperta quando o peito dela está apertado... E fico pensando em coisinhas que posso fazer para devolver-lhe o sorriso.

A Bru e eu conversamos muito, sobre tudo... E sempre buscamos caminhar juntos para a mesma direção. Estamos vivendo uma fase em que partilhamos do nosso tudo e do nosso nada. Não temos vergonha um do outro, sabemos muito bem até onde podemos ir. E sabemos que boa parte do caminho precisamos estar unidos, para encorajar um ao outro a seguir sem vacilar. Não queremos dar receitas nem dicas, cada casal descobre seu ritmo, sua canção e seu compasso.

Aprendi com a Bru que é importante valorizar o outro, reconhecer no outro um traço de bondade e um toque de gentileza. Confesso para vocês que sempre fui muito desligado (e ainda sou!). Mas a Bru me mostrou o quanto é importante estar atento aos indicativos que o outro nos dá... Porque as vezes, ele não quer falar, ou sente que pode incomodar falando que não está bem... Cabe a nós abrir nossos braços num abraço sem tamanho e acolher o nosso amor, que as vezes só quer um peito aberto para repousar...

Nessa noite fria de segunda-feira, aqui em meio a bagunça gerada pela faxina que estou fazendo (que por sinal, aprendi com ela a importância de ser organizado), queria terminar o meu dia, dedicando meu pensamento, meu coração e meu amor para a pessoa mais importante, que um dia será a mamãe dos meus filhos e esposa amada e predileta, pensada por Deus para mim: A Bru, o amor que me conquistou e me trouxe para o planeta dos homens felizes! Eu te amo meu amor!

5 comentários:

Lívia Martins (Tinha) disse...

Q bom q logo, logo essa saudade não vai mais precisar apertar tanto, né?
Ficar longe de quem a gente AMA realmente não é o q queremos todos os dias, né?
Beijos,

Bruna Bloinski disse...

Eu te amo, minha vida! Cada vez que repito isso é porque o amor é ainda maior.

Joice disse...

"é importante estar atento aos indicativos que o outro nos dá" Adorei essa frase. Eu e o noivo tbm vivemos isso e aprendemos a importancia disso pro relacionamento.

Bjs...

Ray disse...

Nossa Jorge,que legal!
Amei!

Gabi disse...

Ahhh que fofura! Super amei esse post!
O cuidado é sinal de atenção com quem amamos! Admiro suas atitudes com a Bru, e amo vê-los juntos e felizes!