domingo, 29 de agosto de 2010

"Se enxerga...!"

Vocês já pararam para pensar que o nosso amor consegue enxergar a gente, melhor do que a gente mesmo?

Estive olhando a contagem para o nosso casamento, e me dei conta que falta pouco... Pode parecer estranho falar isso, até porque são 803 dias... Mas parei para pensar que nestes dias que faltam, muitas coisas eu ainda preciso mudar para que possa receber a Bru como minha esposa.

Não sei vocês queridos leitores, mas no começo do namoro, eu não sabia lidar com as diferencinhas e com aquelas coisas que parecem tão difíceis. Mas hoje, mesmo sabendo que muito tenho que mudar ainda, vejo que mulher maravilhosa Deus colocou na minha vida.

É verdade, ela consegue me enxergar muito melhor do que eu mesmo. E tudo o que ela diz para mim, de fato, é verdade e tem toda razão. As pessoas podem pensar que vivemos um romance lindo e que nunca discutimos ou brigamos. Ao contrário, a gente discute e briga, e quase sempre isso acontece nesses momentos que não enxergo direito quem eu sou e me perco.

Eu falo de mim porque é assim que eu vejo as coisas. Naqueles momentos que estou sozinho, que estou com os meus pensamentos, começo a refletir sobre tudo que ouço dela, e a frase final sempre acaba sendo: "ela tem razão..." Mas nós homens somos cabeças-duras e sempre achamos que do nosso jeito é melhor e tal... E não é por aí...

A Bru é maravilhosa, em todos os sentidos. Eu já disse isso aqui em outras oportunidades, mas ela não sabe amar pela metade. Ela ama por inteiro, e reconheço que ela sofre por isso. Mas não canso de agradecer a Deus por me dar alguém que disposto a amar sem medida, com uma abertura total, sem medo de se arrepender...

Peço a Deus que me dê a graça de corresponder a esse amor, do jeito que ele merece... E que me ajude a mudar no que for preciso para recebê-la dignamente como esposa no dia 10 de novembro de 2012!

4 comentários:

Bruna Bloinski disse...

Que Deus nos ajude a compreender um o outro e nos dê sempre um coração capaz de não se omitir frente às dificuldades do outro e buscar iluminar o caminho dele, seja como for.
Que o amor nos baste, mas que ele seja sempre verdadeiro, como é o Amor que nos inspira.

Anne disse...

Porque todos nós precisamos mesmo aprender que, apesar do outro nos amar por inteiro, Deus dá a ele uma compreensão maior do que nós somos... e que por isso mesmo muitas vezes achamos difícil aceitar algumas coisas não? (: Saudade das postagens aqui! :D

Nossa história... disse...

Que post lindo e emocionante!

Gabi disse...

Amém,meus amados!
Vocês nasceram um para o outro!