sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Uma nova chance

Hoje é quase como se fosse meu aniversário. Na verdade, posso mesmo dizer que hoje estou fazendo um ano de vida. Vou explicar porquê.

Há exatamente um ano atrás eu fui atropelada. Sofri esse acidente quando atravessava uma rua de movimento aqui da nossa cidade. Bati minha cabeça quando, provavelmente, “capotei” no asfalto. Foi assustador, afinal, tive sangramento e isso podia significar muita coisa ruim. Mas Deus foi muito bom comigo e, apesar de ter sido assim, nada – absolutamente nada - de grave aconteceu. Tive alguns ferimentos no braço e no rosto e, embora meu rosto tenha ficado horrível por mais ou menos um mês, não tive nenhuma fratura e, nem tampouco, alguma lesão na cabeça.

Esse foi, provavelmente, um dos momentos mais difíceis da minha vida, mas um dos mais importantes também. Eu fiquei 15 dias sem poder ir pra aula, nem trabalhar. Era época de provas e isso tendia a me prejudicar muito. Mas Deus cuidou de tudo tão bem.

Quando eu desanimava, sentia medo de ficar com o rosto deformado, por exemplo, Ele me mandava anjos queridíssimos cuidarem de mim. Quando eu me sentia fraca, alguém me ligava ou deixava um recadinho carinhoso me desejando melhoras. Quando eu achava que ia reprovar de ano por conta das provas que estava perdendo, Deus me ajudava a dar jeitos que deram muito certo. Minha família, meus amigos, meus colegas de curso, todos foram extremamente importantes na minha recuperação. O meu amor, então... Ah! Nem tenho palavras pra descrever quanto ele foi indispensável. Ele esteve comigo em todos os momentos. Desde quando fui socorrida no local do acidente, até o dia em que consegui levantar da cama.

Posso dizer, sem dúvida alguma, que esse acidente me fortaleceu enquanto pessoa e, mais ainda, fortaleceu nosso relacionamento. Nos tornamos cúmplices, ainda mais cúmplices depois dessa acontecimento que nos fez perceber que se não vivemos nossa vida da melhor forma, podemos perde-la a qualquer momento e não ter mais oportunidades.

Quis escrever sobre isso hoje pra lhes fazer pensar. Nossa vida, amigos, é passageira! Quando menos esperamos, Deus nos leva para junto dele. Num piscar de olhos podemos ir embora sem oportunidade de declarar nosso amor.

Por isso, queridos, não deixem de amar e de viver cada minuto da melhor e mais bonita forma. Agradeçam por suas vidas e aproveitem cada dia como se fosse o último afinal, por mais clichê que pareça, um dia ele será.

Tenham um abençoado dia!

Carinhosamente, alguém que ganhou uma segunda chance.

8 comentários:

Mari e Léo disse...

Nossa que barra! que bom que tudo se resolveu bem!
bjos
=)

Lady Dai disse...

Graças a Deus ficou td bem! E vc eganhou uma segunda chance para a honra e glória do Senhor!

Deus abençoe sempre vcs!

Beijos

Ana Luísa disse...

Sem dúvidas, Bruna, a vida é um sopro, um fio.
Que Deus a abençoe cada vez mais e que esse renascimento tenha sido fundamental para você continuar, com muita fé e compreensão na sua relação de filha de Deus, a missão que você tem a cumprir aqui!
Beijo!

Wicky disse...

Meu amorzinho,

Nesse dia que Deus fez pra você, eu queria dizer o quanto agradeço a ele por ter te poupado a vida, e preservado você. Nesse dia do seu atropelamento, foi a primeira vez que tive medo de te perder para a morte. Nesse dia eu vi o quanto sofreria com a tua partida. Mas Deus me deu a chance de ter você uma vez mais, e de preparar-me melhor para ser um bom marido, um bom pai, um bom amigo... E hoje, peço que Ele de verdade me ajude: permitindo que eu nunca deixe de rezar por você, e que nunca deixe de cuidar de você, como você merece!

Parabéns amor! Que esse dia 22/10 seja lindo e inteiramente dedicado a você!

Anne disse...

Eu lembro... lembro que soube desse acidente. E talvez tenha sido aí que começamos a nos falar um pouco mais. Não muito, mas mais que antes e daí pra frente... descambos geral pras maldades... hahaha... ;)
Olha, que depois desse renascimento, você comemore sempre, mais e mais. Sabe? Que tenha sempre as melhores coisas. ;) E que possa contar com seu amor, com seus amigos, com sua família. Sempre (:

Adeline disse...

Mas é muito bom sentir que Deus nos quer vivos né??? ... eu também me sinto assim por algumas coisas que aconteceram...
Me sinto preciosa pra Deus... e vc também é muuuuuuuuuito preciosa pra Deus!

Ana disse...

Fiquei surpresa por tal história!!!
E com o coração se apertando a cada palavra lida, mas que bom que momentos desagradáveis como este se passaram e a vida pôde e ainda pode lhe proporcionar inúmeros outros momentos de alegrias...
Que Deus te abençõe..
Bjus...
:*

Gabi disse...

Que linda Bru!!!
Ahhh, eu agradeço por sua vida sempre sempre a Deus!
Te amo muito minha irmã!
Ainda bem que você existe!